Carretas: conheça as particularidades de cada tipo

Carretas: conheça as particularidades de cada tipo

Carreta baú, sider, porta-container, graneleira, basculante, cabideiro, prancha e por aí vai. São tantas opções que é fácil confundir ou até mesmo não conhecer as particularidades de cada uma. Você sabia que algumas carretas são melhores para transportar determinados tipos de mercadorias? É por isso que estamos aqui! Vamos explicar detalhadamente para você as diferenças, principais usos e outras informações úteis sobre cada uma delas. Assim, será muito mais fácil escolher qual alugar. Antes de mais nada, é preciso entender a diferença entre caminhão e carreta. Confira!

Carreta ≠ caminhão

Muita gente ainda acha que caminhão e carreta são a mesma coisa, mas não é bem assim. Ambos são equipamentos logísticos rodoviários, mas o que os difere é que a carreta é articulada e não possui força motriz própria, por isso é conectada ao cavalo mecânico, que é composto por uma cabine com motor e rodas de tração. Semirreboques possuem normalmente 1 a 3 eixos e não dispõem de força auto-propulsora. Já o caminhão é considerado monobloco, ou seja, são veículos fixos e inteiros com dois ou mais eixos.

A diferença entre carreta e caminhão

Reboque e semirreboque: qual é a diferença?

A característica que difere os dois é que o reboque transita engatado a um outro veículo, enquanto o semirreboque apoia parte de sua unidade e de seu peso ao veículo trator. Todos os tipos de carretas alugados pela Vialoc são semirreboques. Visualize e entenda como distinguir um do outro!

Agora que as diferenças já estão claras, é hora de conhecer mais sobre alguns tipos de módulos de carga. Confira!

Carreta baú

Por ser uma carreta completamente fechada, fatores externos, como clima, vegetação e outros itens que podem causar danos acabam não impactando na mercadoria. Por isso, o equipamento é muito utilizado para transportar produtos frágeis, por exemplo: alimentos, bebidas, medicamentos e eletrônicos. A carga pode ser distribuída em fardos, paletes e caixas com o auxílio de empilhadeiras ou até mesmo manualmente, com a ajuda do trabalho humano.

Carreta baú

Carreta sider

Recomendada para cargas volumosas, a carreta sider pode acomodar peças automotivas, produtos de higiene, limpeza e outros, que normalmente estão acomodados em paletes e racks. Suas laterais são fechadas com lonas retráteis que facilitam e agilizam o processo de carregamento e retirada da carga.

Por ter laterais retráteis, o equipamento é ideal para empresas que adotam o sistema milk run, já que o acesso a todos os itens é facilitado independentemente se ele estiver no início, meio ou fim da carreta.

Carreta sider

Porta-container

Como o nome já diz, nesse equipamento é possível transportar um container com o auxílio do cavalo mecânico. Nele é possível carregar os mais variados tipos de mercadorias. Os encaixes próprios para a fixação desse compartimento garantem maior segurança durante todo o trajeto.

Porta-container

É de uma carreta baú, sider ou porta-container que você precisa? Então solicite um orçamento agora mesmo da locação de um ou mais equipamentos rodoviários. E lembre-se: além de prático e seguro, você ainda minimiza gastos com manutenções e pode deduzir o valor do aluguel no IRPJ.

Carreta prancha

As carretas prancha possuem as laterais abertas, ou seja, sem nenhum tipo de grade. São resistentes, por isso são usadas para transportar máquinas de grande porte e inteiras, como tratores, escavadeiras, colheitadeiras, carros ou outras cargas que não podem ser divididas em duas ou mais partes.

Carreta basculante

Utilizada normalmente para transportar areia, brita e outros minerais. O equipamento conta com um sistema manual ou hidráulico de basculamento, que possibilita que uma extremidade se erga enquanto a outra continua presa, fazendo com que a carga escoe para fora da carreta.

Carreta prancha e carreta basculante

Carreta graneleira

Milho, soja, feijão e outros grãos costumam ser transportados por carretas graneleiras, assim como adubos, fertilizantes, barras de aço e sacarias. Esse equipamento normalmente é coberto por uma lona, que é presa ao redor da carreta. Pode ser utilizada em caminhões do tipo truck, rodotrem, bitrem, cavalo simples ou cavalo mecânico trucado.

Carreta plataforma

Já aconteceu do seu carro pifar no trânsito? Então provavelmente você foi socorrido por uma carreta plataforma, também conhecida como guincho. Ela possibilita o carregamento de outros veículos (motos e carros).

Carreta plataforma e carreta graneleira

Carreta silo

A carreta silo é apropriada para o transporte de materiais que necessitam do sistema de descarga por pressurização, ou seja, que precisam de pressão para sair. Normalmente é utilizada no transporte de cal, cimento, cinza, areia e talco industrial.

Carreta cegonha

Você já foi viajar e viu vários automóveis sendo transportados sobre um equipamento? Esse tipo de carroceria se chama carreta cegonha ou cegonheira. As cargas normalmente são veículos de passeio.

Carreta silo e carreta cegonha

Carreta tanque

Usada para transporte de líquidos. Exemplos de cargas para carreta tanque: gasolina, etanol, óleo diesel, leite e água.

Carreta frigorífica ou refrigerada

Por contar com um sistema interno de refrigeração e vedação especial, esse tipo de carreta é utilizado para transportar carnes e outras cargas perecíveis. A diferença da carreta refrigerada para a frigorífica é a temperatura mantida no interior da carroceria. Veja!

  • Carreta frigorífica: mantém a temperatura em torno de -15°C a -20°C, evitando variações que possam descongelar a carga. Perfeito para o transporte de produtos como frangos, peixes e pães congelados.
  • Carreta refrigerada: sua função é isolar e manter a temperatura (0 e -10°C) sem a formação de gelo, para transportar produtos como laticínios, frutas e remédios. A carreta refrigerada costuma fazer curtos trajetos justamente por levar mercadorias perecíveis.

Carreta tanque e carreta frigorífica

Carreta canavieira

A carreta canavieira usada para o transporte de cana-de-açúcar. Seu formato, fechado nas laterais e aberto na parte superior, facilita o carregamento e descarregamento do produto.

Carreta cabideiro

Nesse tipo de carreta, os produtos são distribuídos internamento em cabides. Grandes redes de lojas a utilizam para que as entregas ocorram rapidamente, evitando que os produtos fiquem amassados.

Carreta canavieira e carreta cabideiro

Carreta boiadeira

Equipamento com carroceria fechada, porém com várias entradas de ar, utilizada para o transporte de animais vivos, como bois e cavalos.

Carreta munck

Ideal para mercadorias que precisam ser suspensas, como grandes máquinas, já que possui um “braço” articulado e sistema hidráulico utilizados para a carga e descarga.

Carreta poliguindaste

Caçambas para armazenamento de entulhos, areia, lixo e outros materiais são transportadas por uma carreta poliguindaste, que possui um guindaste capaz de colocá-las e retirá-las do veículo. Conheça as três variações dessa carreta:

  • Poliguindaste simples: possui estrutura reforçada e capacidade para elevação de até 12 toneladas.
  • Poliguindaste duplo: permite o transporte sincrônico de duas caixas estacionárias de até 16 toneladas. Conta com a extensão da plataforma de aproximadamente 6 metros e seus braços articulados.
  • Poliguindaste triplo: suporta até três caixas estacionárias carregadas.

Florestal

Com superfície plana, a carreta florestal possui “braços” nas laterais, que facilitam a amarração de toras de madeira.

Além das carretas citadas acima, existem muitas outras variações quando pensamos na capacidade de carga. A tração aumenta conforme os eixos são acrescentados no conjunto. Veja!

Variações de carretas

Carreta 2 eixos
Sua estrutura conta com um cavalo mecânico e um semirreboque com dois eixos cada. É capaz de transportar até 33 toneladas e possui no máximo 18,15 metros de comprimento.

Carreta 3 eixos
Composta por um cavalo mecânico com 2 eixos e um semirreboque com 3 eixos, essa carreta é capaz de suportar um peso bruto máximo de 41,5 toneladas.

Carreta cavalo trucado
Podendo transportar até 45 toneladas de carga, sua estrutura é semelhante aos equipamentos anteriores, porém conta com 3 eixos no cavalo mecânico e também no semirreboque.

Bitrem e tritrem
É utilizado o termo bitrem quando dois semirreboques são tracionados por um cavalo mecânico. O mesmo serve para tritrem, porém nele são usados três semirreboques.

Rodotrem
Com 9 eixos, este equipamento é a combinação de um cavalo mecânico trucado e dois semirreboques, que são interligados por um veículo intermediário denominado dolly. Ele transporta até 74 toneladas.

Veja a tabela abaixo para descobrir o comprimento, capacidade e quantos eixos tem uma carreta dependendo do seu tipo!

Como você pôde ver, existem carretas para qualquer tipo de mercadoria. Caso precise de uma carreta baú, sider ou porta-container, entre em contato com a Vialoc pelo telefone (34) 3291-5785 ou solicite um orçamento em nosso site. Nossos equipamentos possuem as manutenções em dia e estão disponíveis para locação por um curto ou longo período. Somos a solução certa para você!

Comentários

LEIA TAMBÉM: