Roubo de cargas: 10 dicas para evitar o problema

Roubo de cargas: 10 dicas para evitar o problema

A insegurança nas estradas do Brasil causada pelo roubo de cargas tem tomado proporções alarmantes últimos anos, ganhando cada vez mais destaque na mídia. Dados revelam que uma ocorrência desse tipo acontece a cada 23 minutos no território nacional, tendo um aumento de 49% entre 2014 e 2017 de acordo com dados da Associação Nacional de Transporte Rodoviário de Cargas e Logística. Não à toa que o país está entre os 10 mais perigosos do mundo para transporte de mercadorias.

Além de gerar medo, essa situação também impacta no crescimento econômico das empresas. Elas são obrigadas a encontrar soluções para minimizar os riscos e reforçar a segurança para impedir a ação das quadrilhas, que estão cada vez mais especializadas, aumentando os gastos relacionados ao transporte, o que afeta toda a cadeia e chegando, inclusive, ao bolso dos consumidores.

Mas a boa notícia é que com planejamento, adoção de algumas medidas simples e auxílio da tecnologia, as chances de ser surpreendido por essas quadrilhas podem cair drasticamente. Veja algumas dicas que a Vialoc separou para você reforçar a segurança durante o transporte das mercadorias!

Mudanças na logística

Algumas medidas protetivas simples podem ser adotadas no dia a dia da empresa para prevenir e evitar o risco de assaltos nas estradas. Conheça algumas delas:

  1. Planejamento de rotas
    Circular por locais desconhecidos pode aumentar o risco de imprevistos. Por isso, é fundamental ter um planejamento eficiente antes mesmo do motorista sair com a carga, evitando rotas com maior índice de roubos ou furtos.
  2. Programação de paradas
    Assim como ter uma rota segura previamente definida, é essencial pensar nas paradas que geralmente ocorrem no caminho para alimentação, descanso e abastecimento, já que nessas horas se fica mais suscetível a ação de criminosos. Então, sempre que for possível, é importante alinhar com a equipe quais são os locais confiáveis para essas pausas, dando preferência sempre aos mais movimentados e já conhecidos pela equipe.
  3. Treinamento dos motoristas
    Além de orientações sobre maneiras de minimizar as chances de roubo, como nunca dar caronas a desconhecidos, é importante que a empresa também instrua a equipe sobre o que fazer em casos de emergência. Isso evita que a situação se agrave – reagir, por exemplo, nunca é indicado – trazendo riscos a integridade da pessoa em situações de estresse extremo.
  4. Cancelamento de rotas
    Essa é uma medida mais drástica, mas necessária caso o trecho seja muito arriscado e tenha altos índices de assaltos. Outra opção ainda é buscar variar as rotas escolhidas, não tendo sempre uma única opção para não ficar visado, tornando-se uma “presa” fácil.

    Atenção: é importante que todos sejam orientados a nunca divulgar a rota ou o tipo de carga a pessoas que sejam de fora do círculo de confiança.

  5. Evitar rotas durante a noite
    Apesar de pesquisas mostrarem que maior parte dos roubos acontece pela manhã, durante a noite é preciso redobrar a atenção. Com menor fluxo de veículos, baixa luminosidade e pouco efetivo policial, essa é o período que muitas quadrilhas escolhem para fazer emboscadas. Sempre que possível, opte por viagens durante o dia e, de preferência, forme um comboio para que um motorista possa cuidar do outro, observando se está tudo bem com o colega durante o transporte.
  6. Escolta
    Apesar de oneroso, esse recurso ainda é muito utilizado por empresas que precisam transportar materiais de alto valor. Se essa for a sua situação e, principalmente, no caso do carregamento precisar passar por algum lugar que não seja seguro, é importante cogitar essa possibilidade.

    Atenção: não esqueça de conferir o histórico da empresa antes de contratá-la!

Tecnologia

Hoje é praticamente impossível pensar em logística sem ter o auxílio da tecnologia. Ela vem facilitando o dia a dia das empresas e, claro, tem opções inovadoras que podem reforçar a segurança durante o trajeto. Confira algumas soluções!

  1. Serviços de rastreamento
    Apesar de não prevenir incidentes, os softwares de rastreio e monitoramento são os mais utilizados para auxiliar a encontrar um caminhão que tenha sido levado. Com eles, é possível monitorar a frota em tempo real, sabendo se o veículo está circulando, parado ou mesmo se saiu da rota.
  2. Bloqueio automático
    Outra possibilidade criada pela tecnologia é o bloqueio remoto do fornecimento de combustível ou parte elétrica do caminhão. Ou seja, quando o sistema de monitoramento identifica que o veículo pode ter sido roubado, ele pode sofrer essa intervenção a distância para atrapalhar a ação dos ladrões.
  3. Iscas de rastreamento
    A estratégia de incluir iscas de rastreamento no meio da carga vem sendo cada vez mais usada. Ligados por baterias, esses pequenos dispositivos, que podem ser descartáveis ou reutilizáveis, são colocados misturados às mercadorias no momento do carregamento e, assim que se tem suspeita de roubo, é possível acionar o localizador para identificar onde estão esses produtos.

    E o mais interessante é que muitos deles já são imunes aos jammers (anti-jamming), que são os bloqueadores de sinal de GPS e celular utilizados por quadrilhas para evitar que a carga seja encontrada.

  4. Comunicação com os motoristas
    Como já falamos por aqui, a telemetria revolucionou a logística. Entre as diversas possibilidades que ela proporciona, está a comunicação direta com os motoristas. É possível emitir alertas quando for necessário, acompanhar a rota e até solicitar a mudança na rota caso perceba que há algum risco no trajeto preestabelecido.

Dica extra

Cuide bem dos caminhões da frota, fazendo revisões e manutenções regularmente para evitar problemas mecânicos durante o percurso e tornar-se mais vulnerável a abordagem de quadrilhas. Um checklist pode ser entregue a cada motorista antes da viagem para que ele não esqueça de verificar itens importantes, como a calibragem dos pneus, estado dos freios, nível de óleo e combustível.

Você já conheceu algumas medidas que podem ajudar a aumentar a segurança nas rodovias e reduzir o risco de assaltos. Acompanhe o blog da Vialoc e fique por dentro de mais dicas sobre o mundo da logística e transportes!

Comentários

LEIA TAMBÉM: